Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Enquanto profissional da pesca poderei obter uma compensação salarial?

Está previsto um apoio para os profissionais da pequena pesca a), mediante o cumprimento dos
seguintes requisitos:

  • a) Seja comprovado o impedimento do exercício da faina, decorrente de um registo de quebra do valor do pescado igual ou superior a 40% face ao período homólogo de 1 dos 2 anos anteriores; ou
  • b) Seja comprovada a dificuldade de recrutamento de tripulações por motivo de isolamento profilático decorrente da pandemia da doença COVID-19;
  • c) O impedimento se verificar em data posterior a 18 de março.

O montante da compensação salarial a atribuir é calculado de acordo com os critérios previstos nos n.º 1 e 5 do artigo 5.º do Decreto-Lei n.º 311/99, de 10 de agosto, na sua redação atual.

A candidatura ao pagamento de compensação salarial é dirigida ao Fundo de Compensação Salarial dos Profissionais da Pesca, no prazo máximo de 90 dias a contar da data em que se verificarem os requisitos a), b) e c) supra.

Este apoio aplica-se ainda, com as necessárias adaptações:

  • 1) Aos viveiristas, titulares individuais de licenças de exploração aquícola com declaração de produção num dos dois últimos anos;
  • 2) Aos pescadores licenciados para a pesca apeada e apanhadores, titulares de licença válida, quando exerçam a atividade em regime de exclusividade.
Scroll to Top