Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Rui Almeida fala das prioridade da Moneris para 2020?

Foco no digital e no cliente. São as prioridades da Moneris para 2020, com uma clara aposta nas tecnologias e no investimento da relação com o cliente. À margem do Portugal Exportador, que decorreu na passada semana, o Jornal Económico entrevistou o CEO da Moneris, Rui Pedro Almeida sobre as prioridades para 2020.

Nos últimos três anos a Moneris tem observado um crescimento orgânico e sustentado, assente numa crescente multidisciplinaridade e consequente diversificação de serviços e soluções que apresenta ao mercado.

Hoje a Moneris posiciona-se claramente como uma consultora de largo espectro, em que o aconselhamento e a consultoria, nas diferentes vertentes como sejam a estratégica, financeira, fiscal ou de gestão, têm um papel preponderante.

Podemos reconhecer que temos vivenciado momentos de crescimento económico generalizado, no panorama nacional e europeu, pelo que estes tempos de algum modo nos arrastaram para esta evolução positiva, que soubemos aproveitar.

Certo é que hoje a nossa organização está mais preparada para ser ela a arrastar o mercado, em tempos futuros que se anteveem de menor crescimento e que, apesar de nos mantermos moderadamente otimistas, se deverão pautar por algum arrefecimento económico.

As nossas prioridades para 2020 serão, como tal, a de consolidar o nosso foco numa agenda de transformação digital, que vimos prosseguindo nos últimos anos, e a de focar os nossos profissionais em atividades de consultoria e em serviços e soluções de valor acrescentado, em que o aconselhamento ao cliente seja o fator preponderante.

No que ao primeiro eixo se refere, é certo que a tecnologia está a impulsionar a mudança na profissão.

A inteligência artificial, o ‘machine learning’ e a robótica estão a permitir uma crescente comoditização dos serviços de conformidade, declarativos e repetitivos ou rotineiros.

A este respeito, a Moneris tem prosseguido uma agenda de transformação digital que lhe permite estar hoje na vanguarda das soluções de automação que lhe permitem otimizar processos e, como tal, assegurar uma maior produtividade e tempestividade no serviço ao cliente.

A inovação e a tecnologia estão no coração da nossa estratégia corporativa e são condição essencial para podermos acrescentar valor aos clientes, que já não valorizam a simples componente de conformidade contabilística, fiscal ou regulatória.

Hoje o que antes era fator distintivo é considerado “higiénico” e algo tomado por adquirido.

O nosso desígnio digital coloca-se não apenas ao nível das atividades operacionais, mas também na forma como comunicamos com os nossos clientes, alterando a sua experiência de serviço prestado pela Moneris.

A primeira prioridade é essencial e permite o desenvolvimento do nosso segundo eixo de atuação: o foco nas atividades de consultoria.

Nos dias de hoje os contabilistas e consultores financeiros, de recursos humanos, de gestão e demais profissionais na área do ‘advisory’ têm de recentrar a sua atenção.

Deixar as atividades de conformidade serem executadas, tanto quanto possível, pelas ferramentas de automação, focando a sua atenção e tempo em atividades que envolvam julgamento, que exijam proatividade, que permitam uma postura preditiva e prescritiva e que apoie os clientes no seu processo de decisão.

A tecnologia não nos irá tirar trabalho, mas irá alterá-lo de forma indelével, pelo que a visão de gestão plena e integrada, holística e multidisciplinar, devem estar no epicentro do ‘ethos’ do consultor moderno.

É este hoje o desígnio da Moneris; é esta a nossa visão do amanhã; é este o futuro que estamos, não a antecipar, mas a construir!

Pode ler o artigo no JE aqui

Scroll to Top