140 voluntários do projecto GIRO participam na reflorestação do Parque das Serras do Porto

2017-10-13


Cerca de 140 voluntários vão participar no processo de reflorestação em curso na área do Parque das Serras do Porto, no âmbito da iniciativa de voluntariado corporativo GIRO promovida pelo Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial, em parceria com o projecto Futuro.

Segundo a Câmara Municipal de Valongo, a acção inclui várias actividades na Serra de Santa Justa, designadamente corte e remoção de espécies invasoras (descasque e arranque); manutenção de áreas recentemente plantadas; arranque de rebentação de eucalipto na nova área da Junta de Freguesia de Valongo; sensibilização para prevenção de incêndios florestais e protecção civil.

O Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial é uma associação sem fins lucrativos e exclusivamente dedicada à promoção da Responsabilidade Social Corporativa. Esta associação, fundada em 2000, reúne mais de 150 empresas de todo país. O GIRO é uma iniciativa de voluntariado corporativo com maior dimensão nacional que já contou, nas suas onze anteriores edições, com cerca de 7.000 voluntários de empresas associadas do GRACE.

Nesta acção no Parque das Serras do Porto participam 140 Voluntários, colaboradores de 24 empresas e três entidades académicas: A. Silva Matos, Auchan, Biorumo, DHL, Esposende Ambiente, Fundação Manuel António da Mota, Groundforce, IBM, Klepierre, Lipor, MSD, Michael Page, Miranda e Associados, Moneris, Montepio, Prio, Quasar, RTP, Santander Totta, Servilusa, Trivalor, Turn Around Social, Unicer, Wdmi; e Porto Business School, Universidade de Porto, Politécnico do Porto.

Recorde-se que, entre Outubro de 2011 e Abril de 2017 foram plantadas, no âmbito do FUTURO – projecto das 100.000 Árvores na Área Metropolitana do Porto, mais de 98 mil árvores nativas em 16 concelhos.

Valongo surge como o concelho em que mais árvores foram plantadas – 16.546 no total -, e em que mais acções de plantação foram realizadas.

 

in Verdadeiroolhar.pt